Recomendação de apoio suplementar às IPSS´s de Arouca

Vereadores do PSD recomendam apoio da C.M. de Arouca para subsidiar transporte de uma importante dádiva de valioso e necessário material médico-social

Os vereadores do PSD, tiveram conhecimento de uma proposta de dádiva de material de cariz médico-social a esta Câmara ou, através dela, a várias Instituições Particulares de Solidariedade Social do nosso município. Tal dádiva encontra-se, porém, em risco de não chegar a Arouca e, nomeadamente às IPSS do nosso concelho porque este executivo terá rejeitado subsidiar o transporte desse material em camião TIR alegando indisponibilidade financeira.

Carlos Quaresma, presidente executivo da AGAPE – ONG de solidariedade internacional escandinava de carácter não lucrativo, que recolhe nos países nórdicos e envia, para todas as partes do mundo, material ortopédico e outro, de apoio a deficientes, idosos e carenciados, propõe-se disponibilizar grande quantidade deste tipo de material ao nosso município se as despesas de transporte do mesmo forem assumidas.

Sabendo nós que,
- o preço total do transporte, incluindo carregamento, carga, licenças alfandegárias, portagens e demais custos burocráticos é de 13.000 euros;
- a carga é constituída por material ortopédico para deficientes, doentes e incapacitados de se moverem normalmente, com motorização eléctrica, como por exemplo: camas articuladas, andarilhos, cadeiras de rodas, etc., suficiente para encher um camião TIR;
- tal procedimento já se concretizou em outros municípios portugueses como o do Barreiro e Oliveira de Azeméis, por exemplo, com as respectivas Câmaras a custearem aquela importância;
- o nosso concelho, através das suas IPSS e com o apoio da própria Câmara, apostou fortemente na edificação de novos e grandiosos lares e outras estruturas de apoio social;
- todas as IPSS do concelho estarão na disposição de fazerem um esforço financeiro acrescido no sentido de serem contempladas com aquele valioso, variado e necessário material

Recomendamos vivamente a este executivo a assunção, senão de toda, pelo menos de parte substancial daquela importância em parceria com todas as IPSS interessadas.